Prótese de mama: qual o tamanho ideal?

Segundo pesquisa da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a cirurgia para inclusão de próteses de silicone nas mamas foi o procedimento cirúrgico mais realizado no ano passado. E isso se deve aos excelentes resultados que os cirurgiões plásticos conseguiram. Para um resultado natural, é necessário analisar o biotipo da paciente, levando em consideração seu contorno corporal, altura, peso, largura do tórax e etc. Com um olhar apurado e a experiência do profissional é possível oferecer um resultado bastante favorável e harmônico.

A questão do volume a ser escolhido intriga todas as pacientes. Nem todas as mamas são iguais e o tamanho colocado por outra pessoa, alguém que teve um resultado magnífico, pode não ser o ideal para você. Existe diferença de largura, de projeção, de quantidade de glândulas, etc . É importante existir uma cumplicidade e confiança com o profissional que você escolheu. Não é possível colocar uma prótese, acordar a paciente, levá-la ao espelho e aí decidir se ficou do seu agrado.


Essa escolha é feita em conjunto, baseada e fundamentada durante a consulta. Tem que deixar claro o tipo de mama que se deseja e o profissional precisa avaliar a possibilidade, dar a indicação correta e ver se é possível proporcionar para esta paciente a mama que visualiza para si. Passada esta importante etapa, a escolha é decidida por seu médico durante o ato cirúrgico.

É fundamental dizer que nem sempre os pedidos podem ser realizados, pois podem resultar em problemas, como as próteses de grande volume, por exemplo . Por isso a necessidade de procurar um médico com experiência nesta técnica para explicar de forma tranquila e objetiva as diversas possibilidades: o posicionamento da próteses (na frente ou atrás do músculo peitoral), via de acesso (inframamária, areolar ou axilar), tipo de revestimento das prótese (texturizada, lisa ou poliuretano), perfil (redonda ou anatômica) e finalmente o tipo de preenchimento da prótese (silicone coesivo ou soro fisiológico). Lembre-se que é um procedimento cirúrgico e deve ser realizado em bloco cirúrgico, sempre com a presença de um anestesiologista.

A colocação de uma prótese de silicone traz uma grande satisfação às pacientes, oferecendo uma retomada ou até mesmo uma nova forma para este importante órgão. A mama pode ter pouco volume ou com o passar do tempo (ou após uma gravidez) perdeu sua forma e alterou seu posicionamento. É uma cirurgia bastante benéfica e daí vem todo esse sucesso que podemos comprovar através de pesquisas da SBCP.

Fonte: Site Via Comercial

0 Comentários sobre "Prótese de mama: qual o tamanho ideal?"

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário sobre Cirurgia Plástica Estética