Uma cirurgia plástica a cada minuto no Brasil

A cada minuto, em média uma pessoa se submete a uma cirurgia plástica no Brasil. Em 2009, foram realizados 645 mil procedimentos desse tipo, dos quais apenas 31% tinham finalidade reparadora. As mulheres correspondem a 82% dos pacientes.

O tipo de cirurgia mais procurado por elas foi a lipoaspiração. Os dois tipos do procedimento (isolado e associado a outras cirurgias) correspondem juntos a 29% das plásticas em pacientes do sexo feminino. Os números foram levantados pelo Ibope em pesquisa encomendada pela coordenação do 11º Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica.

Como a maioria das cirurgias - de homens e mulheres - é estética, a maior parte das plásticas é paga pelos próprios pacientes (88%, percentual que inclui aqueles com plano de saúde). Refletindo o poder econômico do Sudeste, 64% das cirurgias são realizadas em hospitais e clínicas dessa região.

Não são apenas as mulheres que fazem cirurgias para remover o excesso de gorduras. Entre os 119 mil homens que se submeteram a plásticas em 2009, 22% passaram por lipoaspirações. Em seguida, vêm aqueles preocupados com o rosto. As intervenções nas pálpebras têm 16% da preferência dos "vaidosos", enquanto intervenções na face em geral somam 13%, mesmo percentual de plásticas no nariz.

Fonte: Ibope/Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica

0 Comentários sobre "Uma cirurgia plástica a cada minuto no Brasil"

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário sobre Cirurgia Plástica Estética